Proadess 2

Efetividade

O conceito de efetividade esteve, desde os anos oitenta, associado ao grau de cumprimento de metas, ou objetivos, do sistema de saúde, e, por isso, está relacionado com os resultados em saúde alcançados através de uma determinada intervenção. Consoante com tal perspectiva, nos quadros de referência para avaliação de desempenho do sistema de saúde desenvolvidos pelo CIHI, no Canadá, e pelo AIHW, na Austrália, a efetividade do sistema de saúde é, então, definida em função do grau de alcance do resultado desejado pela intervenção ou ação.

Facchini et al. (2008) reconhecem a frequente imprecisão em torno dos conceitos de eficácia, eficiência e, até mesmo de qualidade, mas, segundo esses autores, prevalece uma forte tendência a relacionar a efetividade com o “efeito das ações e práticas de saúde implementadas”.

Para Vuori (1991), a efetividade do sistema de saúde pode ser verificada através da relação entre o impacto real do serviço e seu impacto potencial, em uma situação ideal determinada.  Em perspectiva análoga, Donabedian (1990) pontua que um conceito subjacente a esta dimensão é o de eficácia, que é o grau com que uma determinada intervenção produz um determinado impacto em uma situação ideal. A informação sobre a eficácia de uma intervenção é fundamental para se estabelecer a efetividade desta.  Ao mesmo tempo, a efetividade é o grau no qual as melhorias na saúde atingíveis são, de fato, atingidas (Donabedian, 2003). Isso requer uma comparação entre o desempenho real e o desempenho que a ciência e tecnologia do cuidado à saúde, idealmente ou sob condições específicas, pode almejar. Tal comparação é feita segundo a razão A / (A+B), onde A é a melhoria em saúde realmente alcançada na prática atual, e A+B é a melhoria em saúde que poderia ter sido alcançada se o melhor tratamento tivesse sido provido. Assim, Donabedian introduz o conceito de efetividade relativa, que corresponde à equação:

   
ER =
Melhorias na saúde esperadas do cuidado a ser avaliado
Melhorias na saúde esperadas do melhor (padrão) cuidado

A Joint Comission on Accreditation of Healthcare Organizations - JCAHO (1993) define efetividade como o grau com que uma determinada intervenção ou tecnologia médica traz benefícios para indivíduos de uma população definida, sob condições regulares de uso.  Também a Cochrane Library considera a efetividade segundo o grau com que uma determinada intervenção faz o que ela se propõe a fazer, em circunstâncias ordinárias.

A efetividade e o impacto estariam, portanto, relacionados às modificações introduzidas por uma intervenção num contexto da vida real (Noronha, 2004). A mesma visão é partilhada por Contandriopoulos (1997), que chama a este processo de eficácia da utilização.

Para o IOM/Comittee on Quality of Health Care in América (2001), a efetividade constitui um atributo do cuidado que é baseado no uso de evidências sistematicamente adquiridas para determinar se uma determinada intervenção produz melhores resultados do que outras possibilidades de ação, incluindo a alternativa de não fazer nada.

Na revisão da literatura sobre o conceito de efetividade, foi observado que as acepções elaboradas pelos diversos autores convergem para a idéia anteriormente adotada pelo PROADESS, segundo a qual efetividade é o grau com que a assistência, os serviços e as ações atingem os resultados esperados.

Referências:

- Facchini LA, Piccini RX, Tomasi E, Thumé E, Teixeira VA, Silveira DSd, et al. (2008). Avaliação de efetividade da Atenção Básica à Saúde em municípios das regiões Sul e Nordeste do Brasil: contribuições metodológicas. Cadernos de Saúde Pública; 24:s159-s72.
- Vuori H (1991) A qualidade da Saúde. Divulgação em Saúde para Debate, 3:17-25.
- Donabedian A (1990). The seven pillars of quality. Archives of Pathology Laboratory Medicine, 114 (11): 1115-8.
- Donabidean, A. (2003). An Introduction to Quality Assurance in Health Care. Oxford. University Press.
- Joint Comission on Accreditation of Healthcare Organizations - JCAHO (1993). The Measurement Mandate – on the Road Performance Improvement in Health Care. Chicago IL, Department of Publications, 53p.
- Noronha JC, Martins M, Travassos CM, Campor MR, Maia P, Panezzuti R (2004). Utilização de Indicadores de Resultados para a Avaliação da Qualidade em Hospitais de Agudos: Mortalidade Hospitalar após Cirurgia de Revascularização do Miocárdio em Hospitais Brasileiros. Cad. Saúde Pública, 20 (Sup 2):S322-S330.
- Contandrioupoulos AP (1997). A avaliação na área da saúde: conceitos e métodos. In: Hartz Z, organizador. Avaliação em saúde: dos modelos conceituais à prática na análise da implantação de programas. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz.
- Institute of Medicine of the National Acdemies – IOM (2001). Comittee on Quality of Health Care in América.Crossing the Quality Chasm: a new health system for the 21st century. www.iom.edu/.../media/Files/Report%20Files/2001/Crossing-the-Quality-Chasm/Quality%20Chasm%202001%20%20report%20brief.pdf

Indicadores de desempenho referentes à sub-dimensão: Efetividade

Efetividade

Fonte

Número de casos de coqueluche relatados em um dado ano.

Canadá

Número de casos de sarampo relatados em um dado ano

Canadá

Número de novos casos de tuberculose relatados em um dado ano.

Canadá

PACTO

Número de novos casos de HIV positivos relatados em um dado ano. Informação baseada naqueles que foram testados para HIV.

Canadá

Número de novos casos de Clamidia relatados em um dado ano.

Canadá

Taxa de internações por pneumonia e influenza por 100 mil pessoas com 65 anos ou mais.

Canadá

Taxa de mortalidade para doenças medicamente tratáveis: infecções bacterianas, colo de útero, doença hipertensiva, pneumonia e bronquites não especificadas em pessoas de 5 a 64 anos

Canadá

Taxa de internações por doenças onde o cuidado ambulatorial apropriado deveria prevenir ou reduzir a internação hospitalar padronizada por idade, por 100 mil hab. (baseada na lista de códigos CID-9 desenvolvida por Alberta Health (250, 291,292, 300, 303-305, 311, 401-405, ou 493))

Canadá

Taxa de mortalidade hospitalar até 30 dias após uma internação com diagnóstico principal de Infarto agudo do miocárdio. (ajustada por risco levando em consideração idade, sexo e comorbidades).

Canadá

Taxa de mortalidade hospitalar até 30 dias após internação com diagnóstico principal de acidente cerebrovascular (ajustada por risco levando em consideração idade, sexo e co-morbidades).

Canadá

Taxa de readmissão não planejada após alta por IAM (ajustada por risco levando em consideração idade, sexo e co-morbidades).

Canadá

Taxa de readmissão não planejada após alta por asma (ajustada por risco levando em consideração idade, sexo e co-morbidades).

Canadá

Taxa de readmissão não planejada após alta por histerectomia (ajustada por risco levando em consideração idade, sexo e co-morbidades).

Canadá

Taxa de readmissão não planejada após alta por prostatectomia (ajustada por risco levando em consideração idade, sexo e co-morbidades).

Canadá

Taxa de internação por asma

Austrália

Taxa de internação por diabetes mellitus tipo 2

Austrália

Proporção de internações por diabetes sobre internações por todas as causas

PACTO

Taxa de sobrevivência para câncer.

Austrália

Proporção de mulheres de 20-69 anos que fizeram screening para anomalias colo de útero nos últimos 24 meses

Austrália

Proporção de mulheres de 25-59 anos que fizeram Papanicolau em determinado local e período

PACTO

Proporção de mulheres de 50-69 anos que fizeram screening para câncer de mama nos últimos 24 meses

Austrália

Proporção de crianças completamente vacinadas aos 12 e 24 meses de idade

Austrália

Porcentagem de municípios com cobertura vacinal por Tetravalente (3a dose) maior ou igual a 95%

PACTO

Taxa de consultas de emergência por mil habitantes (todas as idades)

NHS-HA

Taxa de admissões de emergência para menores de 16 anos, devido a infecções no trato respiratório inferior, por 100 mil crianças residentes.

NHS-HA

Proporção de readmissões psiquiátricas de emergência de pacientes de 16 a 64 anos dentro de 90 dias de alta de cuidado por um psiquiatra

NHS-HA

Taxas de readmissão de emergência em 28 dias por fratura de fêmur, padronizadas por sexo e idade.

NHS-HA

NHS-TR

Taxas de readmissão de emergência em 28 dias por acidente cerebrovascular padronizadas por sexo e idade.

NHS-HA NHS-TR

Taxas de sobrevida relativas de 5 anos para mulheres de 15 a 99 anos diagnosticadas com câncer de mama.

NHS-HA

Taxas de sobrevida relativas de 5 anos para mulheres de 15 a 99 anos diagnosticadas com câncer de pulmão.

NHS-HA

Taxas de sobrevida relativas de 5 anos para mulheres de 15 a 99 anos diagnosticadas com câncer de cólon.

NHS-HA

Taxa de mortalidade peri-operatória até 30 dias após admissões de emergência, padronizadas por sexo e idade.

NHS-HA NHS-TR

Taxa de mortalidade peri-operatória até 30 dias após revascularização do miocárdio padronizadas por sexo e idade.

NHS-HA NHS-TR

Taxa de mortalidade hospitalar até 30 dias de admissão de emergência por fratura de quadril (cabeça de fêmur), padronizada por sexo e idade (pacientes de 65 anos ou mais)

NHS-HA NHS-TR

Taxa de mortalidade hospitalar por acidente cerebrovascular até 30 dias de admissão de emergência padronizada por sexo e idade (de 35-74 anos).

NHS-HA NHS-TR

Razão entre casos novos de abandono de tratamento de Tb e casos novos diagnosticados

PACTO

Razão entre o número de casos de Hanseníase que não compareceram ao serviço durante o ano e o número de casos em registro ativo

PACTO

Número de casos novos de Hanseníase por 10 mil habitantes

PACTO

Proporção de casos novos diagnosticados e curados de Hanseníase

PACTO

Taxa de prevalência de Hanseníase por 10 mil hab

PACTO

Proporção de crianças que receberam todas as vacinas recomendadas por pelo menos 5 anos (poderia ser incluído também em acesso)

USA

Proporção de adultos não institucionalizados que são vacinados anualmente contra gripe e já foram vacinados contra doença pneumocócia

USA

Proporção do grau de incapacidade I e II em relação aos casos novos avaliados

PACTO

Casos novos de tuberculose

 Casos novos de HIV

Taxa padronizada de internações por pneumonia, influenza

Taxa de morte intra-hospitalar por enfarto agudo do miocardio

Taxa de morte intra-hospitalar por acidentes vasculares cerebrais

Readmissões não programadas

Número de casos de sarampo em um dado período

Mortalidade materna

Baixo peso ao nascer

Proadess

Fontes: UK/DH/NHS Health Authorities 2002; UK/DH/NHS-Hospital Trusts 2001; AIHW 2002;CIHI 2002; Brasil/MS 2003.